Thursday, June 28, 2007

Arriscar é: interpretar

Avaliar a vida por vezes não chega.
Classificamos as coisas entre boas e más…
Mas a realidade diz-nos que não é só assim
que se deve olhar para o que se passa connosco.
Deve interpretar-se, e á luz de Deus.
Com sabedoria percebe-se
que o que pareceu ter sido só mau
nos amadureceu e nos aproximou mais do que é essencial na vida.
E muitas vezes o que foram facilidades só nos tornaram menos aptos
para lidar connosco e com a realidade que nos envolve.
Quando interpretamos a vida á luz de Deus
percebemos que ela é um projecto muito mais amplo e vasto
do que a soma de vários acontecimentos.
Só nessa perspectiva somos capazes de decifrar
a verdadeira chave e sentido da nossa vida
que é o AMOR.

Friday, June 22, 2007

Arriscar é: reparar

Reparar repara-nos.
Que bom quando alguém repara
em algo de bom em nós.
Enche-o e enche-nos.
Que bom quando reparamos
em algo de bom nos outros.
Enche-nos e enche-os.
E gostamos tanto de estar junto
de quem repara
no bom e belo que somos e fazemos.
Passar por eles, e lembrarmo-nos deles
já é para nós algo de muito agradável.
Quando se tem muito,
por vezes não se repara tanto…
Quando se tem pouco
tudo é uma festa e repara-se mais…
Reparemos mais no que se é
de importante e belo
e…

em tudo o que já vale!

Arriscar é: nutrir-se

Hoje fala-se em toxicidade dos alimentos e das pessoas com quem nos relacionamos.  Na verdade, é que é fraca a qualidade da alimentação mas...